agonia
portugues

v3
 

Agonia.Net | Regras | Anúncios Contato | Participar
poezii poezii poezii poezii poezii
poezii
armana Poezii, Poezie deutsch Poezii, Poezie english Poezii, Poezie espanol Poezii, Poezie francais Poezii, Poezie italiano Poezii, Poezie japanese Poezii, Poezie portugues Poezii, Poezie romana Poezii, Poezie russkaia Poezii, Poezie

Poesia Pessoais Prosa Roteiro Crônica Imprensa Artigo Comunidades Concurso Especial Técnicas literárias

Poezii Românesti - Romanian Poetry

poezii


 

Textos do mesmo autor




Traduções deste texto
0

 Comentários dos membros


print e-mail
Visitas: 2733 .



Autores veteranos são finalistas novamente no Prêmio Jabuti
artigo [ Imprensa ]

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
por [marthabaptista ]

2009-08-28  |     | 



Alguns dos finalistas da 51ª edição do Prêmio Jabuti podem ser considerados “veteranos” no concurso, segundo notícia divulgada no dia 27 de agosto pela assessoria de imprensa da Câmara Brasileira do Livro (CBL). O caso mais notório é o do vencedor da categoria Melhor Livro de Não-Ficção, em 2008. O escrito Laurentino Gomes, que conquistou o troféu dourado do Jabuti em 2008, com o livro-reportagem histórico "1808" (Planeta), agora é finalista na categoria “Melhor Livro Juvenil”, com uma versão de sua célebre obra reestruturada para este público.
Outros indicados se destacam pelo número de obras selecionadas. É o caso de Marcelo Aflalo, que, nesta edição foi selecionado com a obra “60 Artistas e Arquitetos” (Magma Cultural e Editora)m na categoria “Melhor Projeto Gráfico”, Em 2008, ele foi o vencedor na mesma categoria e teve esta mesma obra, além de uma outra, indicadas para a categoria “Melhor Capa”. Outro que volta a concorrer nesta categoria é Victor Burton, desta vez com “José Olympio, O Editor e Sua Casa” (GMT Editores). Na categoria “Melhor Tradução”, Erick Ramalho, segundo colocado na edição 2008, volta a concorrer nesta edição com a obra “Poemata: Poema em Latim e em Grego” (Tessitura Editora).
Segunda colocada na categoria “Melhor livro de Arquitetura e Urbanismo, Fotografia, Comunicação e Artes”, Andréa Jakobsson é outra que concorre na mesma categoria, desta vez com o “Árvores Notáveis – 200 Anos do Jardim Botânico do Rio de Janeiro” – livro e guia de bolsa (Andréa Jakobsson Estúdio Editorial). Nesta categoria, outro finalista que reprisa o feito de 2008 é Araquém Alcântara Pereira, que, ao lado de Drauzio Varella, concorre com “Cabeça do Cachorro” (Araquém Alcântara Fotografia Editora). Nesta categoria ainda, concorre Joana Lira, com “Outros Carnavais” (DBA Dórea Books and Art), que teve uma obra selecionada na categoria “Melhor Ilustração de Livro Infantil ou Juvenil”, indicada na edição passada. Nesta última categoria, volta a concorrer Ângela Maria Cardoso Lago, com o livro “AEIOU”, Angela Maria Cardoso Lago (RHJ), que foi segunda colocada em 2008.
A autora Bertha K. Becker, que foi finalista em 2008 na categoria “Melhor Livro de Ciências Naturais e Ciências da Saúde”, concorre este ano, ao lado de Cláudio Stenner, na categoria “Didático e Paradidático”, com o título “Um Futuro para a Amazônia” (Editora Signer). Outra indicada é Silvana de Menezes, segunda colocada na categoria “Melhor Livro Juvenil” em 2008, com “Só sei que nada sei, terra, fogo, água e ar, o quadrado mágico” (Cortez Editora e Livraria).
Na categoria “Melhor Capa”, sobressaem o artistas gráficos que tiveram seu trabalho reconhecido na edição passada do Jabuti. São eles Luciana Facchini, terceira colocada em “Melhor Projeto Gráfico”, que concorre agora com ”Moby Dick” (Cosac Naify); Elaine Ramos, segunda colocada na categoria “Melhor Capa” em 2008, com ”Nova York delirante: um manifesto retroativo para Manhattan” (Cosac Naify); e a vencedora da categoria “Melhor Capa”, Moema Cavalcanti, que agora concorre com “Bienal Naifs do Brasil 2008” (Edições Sesc SP).
Finalista na categoria “Melhor Romance” em 2008, Ruy Castro foi selecionado nesta edição na categoria “Melhor Livro de Contos e Crônicas”, com “101 crônicas – Ungáua!” (Publifolha) foi finalista em romance; no mesmo nicho está o segundo colocado na categoria “Melhor Livro Reportagem” Eric Nepomuceno, que agora concorre com “Antologia Pessoal” (Record).
Finalmente, Moacyr Scliar, terceiro colocado na categoria “Melhor Biografia”, e finalista na categoria “Melhor Livro Juvenil” em 2008, foi selecionado como “Melhor Romance”, com o título “Manual da Paixão Solitária” (Schwarcz).
A Câmara Brasileira do Livro (CBL) concluiu, na última quinta-feira, 20 de agosto, a apuração dos votos da comissão julgadora que escolheu os finalistas do 51º Prêmio Jabuti. Neste ano, o maior concurso literário do País premiará 21 categorias, para as quais dez títulos já foram selecionados.
Sob curadoria de José Luiz Goldfarb, que desempenha essa função há 19 anos, o júri do 51° Prêmio Jabuti foi composto por profissionais habilitados, indicados pelo mercado editorial e escolhidos, por meio de sorteio, pela Comissão do Prêmio, constituída pela CBL.
A segunda fase do julgamento ocorrerá em 29 de setembro, quando serão revelados o primeiro, segundo e terceiro colocados em cada uma das categorias. Porém, os melhores livros do ano em Ficção e Não-ficção somente serão conhecidos na cerimônia de entrega das estatuetas, em 4 de novembro, na Sala São Paulo, na capital paulista.
O primeiro colocado em cada categoria recebe R$ 3 mil e os melhores livros do ano de Ficção e Não-ficção recebem R$ 30 mil cada um. Este ano foi acrescentada a categoria de “Tradução de obra literária Francês-Português”, em homenagem ao ano da França no Brasil, que receberá como prêmio R$ 6 mil.


.  | índice










 
poezii poezii poezii poezii poezii poezii
poezii
poezii Portal de Literatura, Poesia e Cultura. Escreva e desfrute os artigos, crônicas, prosa, poesia clássica e concursos. poezii
poezii
poezii  Busca  Agonia.Net  

A reprodução de qualquer material sem a nossa permissão é estritamente proibida.
Copyright 1999-2003. Agonia.Net

E-mail | Regras para publicação e de privacidade

Top Site-uri Cultura - Join the Cultural Topsites!