agonia
portugues

v3
 

Agonia.Net | Regras | Anúncios Contato | Participar
poezii poezii poezii poezii poezii
poezii
armana Poezii, Poezie deutsch Poezii, Poezie english Poezii, Poezie espanol Poezii, Poezie francais Poezii, Poezie italiano Poezii, Poezie japanese Poezii, Poezie portugues Poezii, Poezie romana Poezii, Poezie russkaia Poezii, Poezie

Poesia Pessoais Prosa Roteiro Crônica Imprensa Artigo Comunidades Concurso Especial Técnicas literárias

Poezii Românesti - Romanian Poetry

poezii


 

Textos do mesmo autor




Traduções deste texto
0

 Comentários dos membros


print e-mail
Visitas: 3564 .



LANÇAMENTO: COLETÂNEA DE CONTOS
artigo [ Eventos ]

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
por [Bernadete_Piassa ]

2010-09-07  |     | 



Mecanismos Precários, uma coletânea de contos da primeira turma do Curso Prática de Criação Literária da Terracota editora, será lançado esta semana. O coquetel de lançamento, acompanhado de apresentações de Jazz e Blues, será no sábado, 11 de setembro, das 17h às 19h no Espaço Terracota (Av. Lins de Vasconcelos, 1886. Aclimação - São Paulo - tel. (11) 2645-0549. Organizado pelos coordenadores do curso, Claudio Brites e Nelson de Oliveira, o livro reúne contos tanto dos escritores que participaram do curso, quanto dos professores.

Os autores são Marcelino Freire, Edson Cruz, Marcelo Maluf, Luís Marra, Nelson de Oliveira, Claudio Brites,Valéria Piassa Polizzi, Laura Fuentes, Alexandre Heredia, Déborah Panachão, Ricardo Delfin, Patricia Cytrynowicz, Eduardo Sigrist, Tiago Araújo, Ábia Gomes, Marcos RoMa e Nelson Lourenço.

Leia a apresentação:

A pintura mais famosa de Pablo Picasso retrata uma cidadezinha basca — Guernica y Luno — bombardeada pelos nacionalistas espanhóis, durante a Guerra Civil. A grande tela em preto e branco, em estilo primitivista e cubista, mostra corpos mutilados e incendiados, de pessoas e animais. Terrível.

Dizem que um general, horrorizado com a feiura da tela, perguntou ao pintor: “Foi você quem fez isso?” Picasso respondeu: “Não. Foram vocês.”

Toda a arte e toda a literatura modernas tratam da feiura do mundo. Essa é sua forma de protesto: denunciar as injustiças e a crueldade, mostrando-as. Os contos reunidos nesta antologia, fiéis a esse princípio, incomodam. Podem até chocar. Mas não culpem os autores por isso. Culpem a própria sociedade.

Mecanismo (substantivo: “combinação de peças que fazem funcionar uma estrutura orgânica ou mecânica”) precário (adjetivo: “que está em más condições e não cumpre a contento seus propósitos”) é tudo o que funciona mal na sociedade. Tudo o que corta e fura, provocando angústia e dor.

Mecanismos precários somos todos: tesouras na própria carne. A função da literatura é revelar isso, por meio do mergulho estético. E assim nos salvar de nós mesmos

.  |










 
poezii poezii poezii poezii poezii poezii
poezii
poezii Portal de Literatura, Poesia e Cultura. Escreva e desfrute os artigos, crônicas, prosa, poesia clássica e concursos. poezii
poezii
poezii  Busca  Agonia.Net  

A reprodução de qualquer material sem a nossa permissão é estritamente proibida.
Copyright 1999-2003. Agonia.Net

E-mail | Regras para publicação e de privacidade

Top Site-uri Cultura - Join the Cultural Topsites!