agonia
portugues

v3
 

Agonia.Net | Regras | Anúncios Contato | Participar
poezii poezii poezii poezii poezii
poezii
armana Poezii, Poezie deutsch Poezii, Poezie english Poezii, Poezie espanol Poezii, Poezie francais Poezii, Poezie italiano Poezii, Poezie japanese Poezii, Poezie portugues Poezii, Poezie romana Poezii, Poezie russkaia Poezii, Poezie

Poesia Pessoais Prosa Roteiro Crônica Imprensa Artigo Comunidades Concurso Especial Técnicas literárias

Poezii Românesti - Romanian Poetry

poezii


 

Textos do mesmo autor




Traduções deste texto
0

 Comentários dos membros


print e-mail
Visitas: 683 .



Terra de Sândalo
poesia [ ]

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
por [jmanhitu ]

2012-01-09  |     | 



Para Timor, a minha terra

A minha terra é uma lenda
Graças a uma árvore dos reis
Que até hoje chama-se sândalo.

Conquanto apareçam tantas árvores
Só nas crónicas dos vagabundos,
Um orgulho fica no coração.

Não era fragrante o passado
Embora tivéssemos muito perfume,
Assim como tanto mel de floresta.

As nossas mãos tornam-se inimigos
Em frente destas criações de Deus
Quando o desejo é o conquistador.

Oxalá que não sejamos testemunhas
Da perda da riqueza da nossa terra
Porque o futuro sempre nos espera.

Fica fragrante, ó terra de lenda,
Como um bom tronco de sândalo
Que perfumava, perfuma e perfumará.

Yogyakarta, 11 de Outubro de 2005

.  |










 
poezii poezii poezii poezii poezii poezii
poezii
poezii Portal de Literatura, Poesia e Cultura. Escreva e desfrute os artigos, crônicas, prosa, poesia clássica e concursos. poezii
poezii
poezii  Busca  Agonia.Net  

A reprodução de qualquer material sem a nossa permissão é estritamente proibida.
Copyright 1999-2003. Agonia.Net

E-mail | Regras para publicação e de privacidade

Top Site-uri Cultura - Join the Cultural Topsites!